1/1

Prefeito Orlando Morando demite funcionários após acabar com projetos sociais da Fundação Criança




ORLANDO MORANDO FECHA FUNDAÇÃO CRIANÇA E QUER DEMITIR FUNCIONÁRIOS

Alegando falta de recursos em função da pandemia, o prefeito de São Bernardo resolveu, com a cumplicidade do legislativo municipal, acabar coma Fundação Criança. Entidade que há mais de 20 anos presta relevantes serviços em nossa cidade.


Segundo o prefeito, as atividades da Fundação seriam assumidas pela Secretaria de Assistência Social, mas o prefeito mudou de ideia e resolveu terceirizar os serviços, sucateando ações importantes como acolhimento institucional para crianças e adolescentes, abordagem de crianças e adolescentes em situação de rua, medidas socioeducativas e serviço especializado a crianças e adolescentes de comunidades indígenas e populações de áreas sem regularização.


Outros projetos, antes desenvolvidos pela Fundação Criança, nas áreas de arte, cultura e iniciação ao primeiro emprego devem ser completamente abandonados. É um duro golpe nas políticas públicas de nossa cidade.


Além disso, segundo relato dos trabalhadores, o prefeito Morando se comprometeu, no ato que extinguiu a fundação, a não demitir nenhum servidor. Mas vergonhosamente quebrou sua promessa e por meio do decreto municipal nº 21.505 de 18/03/2021 e em meio à pandemia e a maior crise de desemprego de nossa história, desligou os funcionários.


O PSOL repudia mais esse ataque aos interesses de nosso povo, bem como a conivência de vereadores e vereadoras com a política de desmonte promovida por Orlando Morando.


Clique aqui para assinar a Petição Pública contra a demissão dos/as funcionários/as e conta o fim dos projetos da Fundação Criança